• Aprenda SEO

9 Erros mais comuns de SEO a evitar em 2022

  • Felix Rose-Collins
  • 1 min read
9 Erros mais comuns de SEO a evitar em 2022

Introdução

Uma estratégia de SEO bem executada pode aumentar o tráfego de busca, mas erros simples podem baixar a classificação de um site.

O objetivo do Google e do Bing é oferecer aos usuários resultados de alta qualidade, precisos e relevantes.

Qualquer campanha de SEO deve começar com um website de fácil utilização e honesto. Alguns erros de SEO são piores do que outros para o tráfego de busca.

A seguir, alguns erros freqüentes de SEO a evitar:

1. Velocidade lenta do local

A velocidade lenta do site pode impedir os visitantes de acessar o conteúdo de sua página. A velocidade lenta do site lhe custará inevitavelmente um valioso tráfego SEO.

Slow Site Speed

Investir tempo e esforço para obter tráfego dos SERPs é essencialmente inútil se a página levar muito tempo para ser carregada.

Elementos que afetam o tempo de carga do local.

  • Primeira Tinta Contenciosa

A seção de desempenho do Google Chrome Lighthouse acompanha o FCP. Ele mede o tempo (em segundos) que seu navegador leva para renderizar a primeira parte do conteúdo DOM uma vez que um visitante visita seu website.

  • Tempo para Interatividade

A TTI mede a velocidade de carregamento da página. O TTI mede quando uma página se torna totalmente interativa. A TTI usa dados de arquivo HTTP.

  • Tempo para o primeiro byte (TTFB)

O intervalo de tempo entre o envio de um pedido a um servidor e a entrega do primeiro byte de dados ao navegador.

Para fixar o tempo de carregamento de seu site, execute seu site através do Google PageSpeed Insights para avaliar seu desempenho e aprender mais sobre a rapidez com que seu site carrega e as possíveis maneiras de aumentar a velocidade de seu site.

2. Não usar os dados do Console de Busca do Google

Numerosas tarefas de SEO são realizadas com o serviço gratuito de Console de Busca do Google. Entretanto, iniciar uma pesquisa por palavra-chave ou otimização de página sem antes rever as informações no relatório de desempenho do Console de Busca é um erro comum de SEO.

Search Console fornece dados sobre tráfego, páginas populares e como os visitantes estão encontrando seu site através dos resultados de busca do Google, assim como o Google Analytics faz.

Not using Google Search Console data

Mas um erro típico é iniciar a otimização de seu site muito seriamente e otimizar a densidade de palavras-chave sem primeiro determinar as frases em que você já está se desempenhando bem!

Você pode descobrir quais palavras-chave estão dirigindo mais cliques, impressões e as maiores taxas de cliques para seu site/páginas usando o Console de Busca (CTR).

Verifique se fazer mudanças no conteúdo de seu site, nas tags de título ou na densidade de palavras-chave resultará potencialmente na perda de cliques ou CTR para termos que você pode não ter sabido que eram cruciais antes de fazer as mudanças.

3. Conteúdo multimídia insuficiente

O rei está satisfeito. A maioria das pessoas está ciente disso, mas um equívoco típico de SEO é que o conteúdo se refere apenas a texto.

Os padrões de avaliação da qualidade da pesquisa fornecidos pelo Google fornecem orientações adicionais sobre as melhores práticas. Além de ser do mais alto calibre, o conteúdo deve enfatizar a satisfação das necessidades daqueles que freqüentam os sites.

Também explica como a "qualidade da página" não está simplesmente relacionada ao conteúdo, mas também ao quão bem executado é o objetivo de uma página quando o conteúdo de alta qualidade está ligado a ela. O processo de auditoria do site ajuda você a examinar seu site e a melhorar a qualidade da página.

Isto sugere que existem outros tipos de conteúdo que são igualmente valiosos. Muitas organizações descobriram que os usuários podem ganhar com uma variedade de características do site, incluindo tabelas, menus, formulários, vídeos, fotografias, gráficos, etc. no mundo moderno do web marketing.

Ao desenvolver conteúdo, considere as exigências de seu público e não apenas o texto (que, é claro, ainda é valioso para o conteúdo e as palavras-chave SEO!).

4. Navegação inadequada e páginas órfãs

Os motores de busca utilizarão a navegação e a estrutura de seu site para entendê-lo melhor.

Eles também usarão a hierarquia do site para determinar quais páginas são mais cruciais e quais não são, o que pode ocasionalmente ter um impacto sobre como elas aparecem nos resultados da busca.

Evitar a navegação em seu website que não esteja clara, quebrada ou mesmo ausente é um erro comum de SEO

Certifique-se de que a navegação para suas páginas mais importantes seja simples ou que elas estejam listadas na barra de navegação e seu site passe no teste amigável do Google mobile.

Seu website deve ter acesso a todas as suas páginas, incluindo as menos significativas. Uma "página órfã" é aquela que não tem nenhum link apontando para ela.

Só não é possível adicionar um link para cada página em muitos sites, especialmente nos principais sites de comércio eletrônico. Na maioria das vezes, o emprego de um mapa do site para evitar páginas órfãs ou páginas que não são indexadas é totalmente aceitável.

5. Má configuração dos robôs.txt

A maioria dos webmasters e marqueteiros estão cientes da eficácia do arquivo robots.txt para controlar os robôs de busca.

Mas configurá-lo de forma incorreta e correr o risco de problemas de indexação é um dos erros mais típicos de SEO.

Entretanto, você não deve usar o robots.txt para evitar que o Google indexe seu site. Na realidade, o Googlebot tem usado recentemente diretrizes de indexação em arquivos robots.txt como sugestões.

A razão para isto é que o Google ainda pode acessar tais páginas através de outros links porque elas não representarão o status de indexação preferido.

O uso de tags HTML "noindex" ou "nofollow" dentro do código fonte de cada página é um método preferível.

Entretanto, se você usar apenas o robôs.txt para indexação, você poderá descobrir que sua cobertura e status de indexação não representam suas preferências sem as diretrizes adequadas de robôs na página. Isto não é necessário um grande erro de SEO para evitar.

6. Não atualizar conteúdo antigo

Com a atualização do algoritmo de frescor do Google a partir de 2011, foi possível que temas específicos com conteúdo mais antigo ou datado tivessem um desempenho pior em SEO.

Em um esforço para manter o tráfego orgânico, um dos piores erros de SEO que muitos websites e empresas on-line fazem é produzir constantemente novos conteúdos.

Entretanto, como artigos, manuais, páginas e posts em blogs desatualizados se acumulam, eles podem começar a desaparecer mais na hierarquia do site ou seu conteúdo pode não ser mais útil.

A estratégia ideal é identificar artigos ou páginas desatualizadas em seu website que estão diminuindo no tráfego orgânico e no ranking de palavras-chave ano após ano (YOY) e determinar se elas podem usar uma edição ou reescrita. A republicação com conteúdo novo também pode ajudar a melhorar a SEO de seu artigo.

7. Não submeter um mapa do site

Uma coisa é ter um mapa do site, mas outra é ter certeza de que o Google pode encontrá-lo e rastreá-lo.

A melhor coisa a fazer é adicionar seu mapa do site ao Search Console. O Google incentiva as empresas e webmasters a fazer isso para que seja mais fácil encontrar páginas importantes, redesenhá-las regularmente e para que o Googlebot não perca seu tempo rastreando links duplicados ou sem importância.

Os sitesmaps também são importantes porque permitem aos motores de busca saber quais páginas são importantes para seu negócio e pedem que sejam indexadas.

Not submitting a sitemap

Este é um dos erros mais comuns de SEO a evitar, uma vez que os sites frequentemente descobrem que as páginas que querem ser indexadas não estão sendo indexadas, mesmo que o Google saiba sobre elas. Isto não vai acontecer se você tiver um mapa do site.

8. Evitando 404 erros ou links quebrados

Embora muitas pessoas estejam cientes de que 404 erros são prejudiciais, poucos webmasters realmente levam tempo para atualizar quaisquer links quebrados em seu website e/ou redirecionar quaisquer 404s.

Mesmo para páginas de baixo ranking e baixo valor, isto pode parecer que não vale a pena, mas se você permitir que os 404s fiquem por aí, eventualmente você pode estar perdendo rankings. Além disso, um número excessivo de 404s poderia perder tempo para robôs de busca como o Googlebot e reduzir seu orçamento de rastejamento.

Quando os motores de busca percebem seu site como sendo de baixa qualidade, 404s podem não só fazer com que as páginas originais percam a autoridade de ranking ligada a elas, mas também resultar na diminuição dos rankings para todo o domínio.

9. Edifício de Elo Negativo

Técnicas não naturais de construção de links podem resultar rapidamente em uma penalidade de ação manual para seu website.

Embora costumava ser, este erro em SEO não está mais entre os mais freqüentes. A fim de construir um número crescente de backlinks, os comerciantes de SEO descobriram que poderiam comprar links, criar redes de blogs privados, criar links entre seus próprios websites e até mesmo publicar blogs de visitantes em outros websites.

Na realidade, o Google desaprova qualquer "esquema" de construção de links e o considera antiético. Em vez disso, os sites são encorajados a fornecer material de alta qualidade, autoritário e de fácil utilização que naturalmente atrairá links.

Para verificar o perfil de backlink de seu site, você pode fazer uso de um poderoso verificador de backlink.

Você precisa evitar práticas como:

  • Pagar outros sites para se conectar ao seu
  • Criação de conteúdo específico do site e solicitação de backlinks
  • Compra de links
  • Obtendo links de sites não relacionados
  • Ligação de blogs ou páginas web separadas ao seu site principal
  • Sobrepondo uma página (mesmo para links internos em seu domínio)

Conclusão

Foco em conteúdo de alta qualidade e engajamento do usuário para SEO. Algumas falhas de SEO são erros humanos, mas uma auditoria freqüente do site garantirá a saúde de seu site.

O Curso de Otimização Avançada de Motores de Busca ensina as melhores práticas de SEO e como levar seu site ao topo das SERPs. O Curso de Especialista em Marketing Digital ensina SEO em pilha cheia.

Este curso cobre SEO, mídia social, PPC, otimização de conversão, análise digital, conteúdo, móvel e e-mail.

Experimente o Ranktracker GRATUITAMENTE