• Aprenda SEO

4 Dicas para criar uma estratégia SEO eficaz como empresário iniciante

  • Felix Rose-Collins
  • 4 min read
4 Dicas para criar uma estratégia SEO eficaz como empresário iniciante

Introdução

Ser um empreendedor no mundo de hoje é muito mais complicado do que costumava ser. Há 50 anos atrás, você poderia sobreviver com uma grande idéia e um olho aguçado para os negócios, hoje, você precisará de uma grande variedade de habilidades técnicas além disso.

Como empreendedor iniciante, é provável que você esteja tentando manter os custos baixos enquanto trabalha para que seu empreendimento comece a funcionar. Mas para que isso aconteça em um mundo com motores de busca, você precisará entender como os motores de busca funcionam e como você pode criar conteúdo que os atrairá. (Afinal de contas, 40% de todos os consumidores usam os mecanismos de busca para encontrar produtos).

As pessoas precisam ser capazes de encontrá-lo se você quiser ter alguma esperança de escalar suas operações. É aí que entra em jogo a otimização para mecanismos de busca (SEO). SEO é uma série de otimização de sites, ajustes de conteúdo e esforços de geração de links que você realiza dentro e fora de suas páginas. É como você faz com que o Google perceba você.

A maioria das grandes empresas com fortes orçamentos de marketing contratam empresas de SEO para cuidar deste difícil processo. Mas, como um empreendedor iniciante, talvez seja necessário começar a trabalhar por conta própria antes de trazer ajuda mais especializada para a linha de frente.

É por isso que estamos compartilhando quatro importantes dicas para iniciantes construir uma melhor estratégia de SEO que movimenta seus negócios na escada do mecanismo de busca.

4 dicas de SEO para Empresários Iniciantes

Realizar pesquisa de palavras-chave

A primeira coisa que você precisará fazer como empresário embarcando em uma jornada de SEO é pesquisa por palavra-chave.

Realizar pesquisa por palavra-chave (Fonte da imagem)

Você precisa encontrar palavras-chave relevantes para seu público que também tenham um alto volume de busca. Afinal de contas, não lhe servirá de nada classificar um termo que ninguém está procurando. Mas você precisa escolher cuidadosamente suas palavras-chave. Se houver uma tonelada de concorrência e você estiver competindo com empresas da Fortune 500 e páginas Wiki, você terá dificuldade para ser notado.

Em vez disso, tente procurar frutas de baixo peso com relevância, volume e níveis de competição mais baixos.

Por exemplo, se você é uma agência de viagens, não vai se classificar na primeira página para "Universal Studios Vacation" logo de cara. Há muita concorrência para o termo, e a própria Universal dominará o SERP.

No entanto, se você foi atrás de algo mais nicho, como "Universal Studios transportation" ou "Universal Studios tips", você poderá ver mais sucesso.

Você pode usar uma ferramenta SEO como Rank Tracker's Localizador de Palavras-chave para encontrar palavras-chave viáveis de cauda longa como essa. Há também um Keyword Planner gratuito do Google disponível para qualquer pessoa com uma conta Google.

Também é uma boa idéia conferir o SERP você mesmo. Você pode encontrar termos e idéias adicionais consultando as opções de autocompletar do Google na barra de busca ou indo até a seção "As pessoas também perguntam".

Garantir tempos de carga rápidos

Se seu site não for rápido, a maioria dos visitantes não verá nem mesmo sua página inicial. O usuário comum não quer sentar-se e esperar que as páginas sejam carregadas. Você tem uma janela de cerca de quatro segundos antes que um usuário fique frustrado e navegue para longe.

Garantir tempos de carga rápidos (Fonte da imagem)

E não são apenas os usuários que estão obcecados com a velocidade. O Google também leva isto em consideração ao atribuir classificações.

Por que o Google se preocupa com a velocidade do site?

O Google quer ter certeza de que os sites por ele recomendados atenderão às necessidades dos usuários. Se os usuários querem velocidade, então o Google também quer. Se você não estiver fornecendo uma experiência positiva do usuário, então o Google o moverá para o final da linha e recomendará sites concorrentes que carreguem instantaneamente.

Para garantir que seu site carregue rapidamente, certifique-se de que você está otimizando imagens comprimindo arquivos, minificando seus arquivos CSS e JavaScript, reduzindo suas solicitações HTTP, minimizando seus scripts internos e evitando redirecionamentos quando possível.

A construção de links é uma das peças mais vitais do SEO puzzle, mas é também uma das mais difíceis.

A ligação interna é a parte mais fácil. Basta olhar seu conteúdo e encontrar oportunidades de linkar várias páginas juntas. Isto não só ajuda o Google a indexar suas páginas, mas também ajuda a manter os usuários engajados em seu site por mais tempo.

Gerar links (Fonte da imagem)

Ligação externa é onde as coisas se complicam. Se você quiser ser classificado, o Google espera que você tenha uma série de backlinks de alta qualidade de sites externos confiáveis e relevantes para o seu setor.

Você pode fazer isso através do guest posting. Faça sua pesquisa e identifique sites com oportunidades de links principais. Em seguida, embarque em uma campanha de divulgação para lançar artigos para esses sites que você escreverá sem nenhum custo.

Estes artigos devem conter um link de volta para sua página. Para rastrear os backlinks que você está adquirindo, você pode usar a ferramenta monitor backlink do Ranktracker para ver quem está vinculado ao seu site

É importante garantir que você chegue a sites de qualidade e aos contatos certos se quiser ser um pôster convidado eficaz. Recomendamos o uso de uma ferramenta e-mail finder para coletar informações de contato e facilitar a divulgação.

Otimizar o Back-End

Uma concepção errada comum entre os iniciantes em SEO é que toda otimização ocorre na parte frontal de seu website.

Há muita otimização back-end que tem que acontecer se você quiser ser notado pelo Google e aumentar a lista SERP.

Em primeiro lugar, otimize seu meta título e sua meta descrição com palavras-chave. Você também precisará otimizar suas imagens, incluindo as tags de título e as descrições alt. Sua URL é outra grande oportunidade de aspergir no termo de busca do alvo.

Conclusão

Como empresário, você não precisa ser um especialista em SEO. Mas você precisa estar familiarizado com os princípios básicos de SEO, mesmo se você planeja contratar ajuda de terceiros para realizar o trabalho.

A realização de pesquisa por palavra-chave, assegurando que seu site carregue em menos de quatro segundos, gerando links e otimizando o back-end de suas páginas, o colocará no caminho certo. No entanto, você deve eventualmente procurar trazer um profissional de SEO com anos de experiência. Eles podem realizar auditorias regulares de site e conteúdo e ajustar sua estratégia de acordo com a evolução do algoritmo do Google.

Experimente o Ranktracker GRATUITAMENTE