• Aprenda SEO

Que tipo de solução Cybersecurity sua empresa precisa

  • Felix Rose-Collins
  • 1 min read
Que tipo de solução Cybersecurity sua empresa precisa

Introdução

Em nosso mundo moderno, todos os tamanhos de empresas confiam fortemente nos serviços em nuvem e nas aplicações SaaS, pois estas oferecem soluções escaláveis e econômicas para armazenar dados e aplicações host. Todos os dias, mais empresas preferem utilizar múltiplos serviços em nuvem e aplicações SaaS. Mas, a adaptação desses ambientes de nuvem pode ser altamente arriscada, especialmente quando uma empresa não tem soluções cibernéticas de segurança adequadas para proteger esses ambientes.

Além disso, durante os últimos dois anos, o número crescente de funcionários que trabalham remotamente mostrou a importância de manter a segurança integrada da rede e permitir o acesso remoto seguro a cada funcionário que trabalha remotamente. Para proteger ambientes de trabalho descentralizados, as empresas devem implementar soluções que possam esconder as redes corporativas de entidades não autorizadas e fornecer acesso remoto seguro a todos os usuários que chegam às redes e recursos corporativos.

Além disso, o trabalho com terceiros contratados, parceiros e associados comerciais se tornou uma prática comum para a maioria das organizações. Sem ferramentas de segurança adequadas, e políticas de acesso a sites de terceiros podem levar a violações de dados e ciberataques. Quando todas essas variáveis e riscos de segurança são levados em conta, as empresas devem implementar VPN de Acesso Remoto, proteção do Sistema de Nomes de Domínio (DNS), Gerenciamento de Acesso de Identidade (IAM) e Acesso à Rede de Confiança Zero (ZTNA). Agora vamos explicar estas soluções de forma mais detalhada.

Acesso remoto VPN

A implementação de VPN de acesso remoto é mais importante do que a maioria das pessoas pensa. As VPNs de Acesso Remoto criam conexões privadas entre funcionários e recursos corporativos através da Internet pública. Estas VPNs escondem as redes de sua organização e os endereços IP reais da Internet pública e garantem a privacidade online e o anonimato de sua organização e dos funcionários que trabalham remotamente.

Além disso, as VPNs de Acesso Remoto não requerem nenhuma infra-estrutura local, geralmente têm configuração de ponta de usuário, e podem ser implementadas rapidamente. Ao utilizar estas VPNs, os funcionários podem simplesmente conectar-se às redes corporativas através do uso de software VPN cliente. Mesmo que seus funcionários utilizem conexões wifi não seguras, as VPNs de Acesso Remoto podem fornecer acesso remoto seguro.

Remote Access VPN

Além disso, as VPNs de acesso remoto utilizam criptografia de ponta a ponta e tornam todas as transferências de dados ilegíveis e sem sentido para entidades não autorizadas. Ao utilizar estas VPNs, ninguém pode espionar suas redes, e obter acesso não autorizado aos seus recursos. Por estas razões, as VPNs de Acesso Remoto são consideradas componentes indispensáveis das posturas de segurança cibernética.

As VPNs de acesso remoto melhoram a segurança da rede e protegem todos os ativos corporativos. Mas, se sua empresa depende exclusivamente de VPNs para conexões seguras, então você pode precisar integrar ferramentas de autenticação multi-fator para permitir uma camada extra de segurança e mitigar os riscos associados ao acesso não autorizado.

Proteção do Sistema de Nomes de Domínio (DNS)

Na Internet, há milhões de malwares e muitos sites perigosos. Quando o dispositivo de um funcionário é inspecionado com malware, os criminosos cibernéticos podem usar os dispositivos comprometidos desse funcionário para obter acesso não autorizado às suas redes e executar um ataque cibernético ao seu negócio. Para evitar que seus funcionários acessem websites de risco são necessárias ferramentas de proteção do Sistema de Nomes de Domínio (DNS).

As soluções de proteção DNS podem criar uma camada extra de segurança, proibindo os funcionários de acessar sites perigosos enquanto eles estiverem dentro do perímetro da rede corporativa. As soluções de proteção DNS podem ajudar sua empresa a filtrar o conteúdo indesejado. É por isso que estas soluções podem ser bastante úteis para mitigar a segurança, pois seus funcionários não poderão acessar sites perigosos que possam conter malware enquanto estiverem trabalhando.

Gerenciamento de Identidade e Acesso (IAM)

Atualmente, as empresas não podem dar acesso ilimitado aos funcionários dentro do perímetro da rede corporativa, o que é extremamente arriscado. As empresas modernas devem limitar o acesso dos funcionários e assegurar suas identidades para mitigar os riscos cibernéticos associados às entidades internas e externas. As soluções do IAM podem ajudar sua empresa a regular as políticas de acesso e autenticação de seus funcionários.

Por exemplo, enquanto usam ferramentas IAM, todos os funcionários têm que autenticar suas identidades via autenticação multi-fator (MFA), e biometria. Em essência, as ferramentas do IAM ajudam sua empresa a definir privilégios de acesso para cada usuário que chega a seus recursos. Ao utilizar estas ferramentas, seus funcionários terão acesso limitado dentro do perímetro da rede. Seus administradores de TI podem implementar políticas de movimentação lateral para impedir que seus funcionários se movimentem lateralmente.

Acesso à Rede Trust Zero (ZTNA)

Zero Trust Network Access (ZTNA) é uma abordagem holística da segurança de rede, e vem ganhando impulso no mercado de computação em nuvem há bastante tempo. Atualmente, a implementação da Zero Trust é necessária para a maioria das empresas, pois a Zero Trust é uma das melhores soluções de segurança para permitir maior segurança e combater os cibercriminosos.

Zero Trust abraça o mantra "nunca confie, sempre verifique", nesta estrutura todos os usuários, dispositivos e aplicações são considerados comprometidos, e exigem autenticação de todas as entidades. Ele autentica identidades através de autenticação multi-fator (MFA), biometria e single sign-on (SSO); estas ferramentas permitem uma camada extra de segurança e garantem que somente usuários autorizados estejam dentro do perímetro da rede.

Além disso, o Trust Zero é construído sobre o princípio do privilégio mínimo, o que significa que os funcionários têm acesso limitado aos recursos e dados corporativos. Uma vez implementada esta estrutura, os funcionários só podem alcançar os recursos necessários para desempenhar suas funções produtivamente. Além disso, o Trust Zero emprega a segmentação da rede e divide sua rede em sub-redes. Isto cria vários pontos de verificação para os usuários, e a segmentação da rede ajuda os administradores de TI a detectar a fonte dos ataques e isolá-los rapidamente.

Zero Trust Network Access (ZTNA)

Sob a estrutura do Trust Zero é proibido o movimento lateral dos usuários, e se um usuário tentar vaguear dentro do perímetro da rede, os administradores de TI são alertados imediatamente. Além disso, o Trust Zero controla e registra todo o tráfego da rede e fornece uma visibilidade mais ampla e monitoramento das atividades para os usuários.

Por todos os meios, as soluções Zero Trust Network Access permitem um controle de acesso mais rigoroso e estabelecem uma maior segurança da rede. Finalmente, a estrutura da Zero Trust pode ajudá-lo a melhorar a segurança em ambientes de nuvem, pois esta estrutura é adaptável à nuvem e pode acompanhar as exigências de segurança de ambientes de nuvem em constante mudança.

Últimas Observações

No mundo de hoje, as redes corporativas são mais complicadas de proteger devido ao número crescente de funcionários remotos e ao uso da nuvem. A partir de 2022, as empresas precisam implementar soluções modernas de cibersegurança para salvaguardar as redes corporativas e os ambientes de nuvem. Ao implementar VPN de Acesso Remoto, proteção do Sistema de Nomes de Domínio (DNS), Gerenciamento de Acesso de Identidade (IAM) e Acesso à Rede Trust Zero (ZTNA), sua empresa pode estabelecer redes aprimoradas e proteger todos os ativos corporativos.

Experimente o Ranktracker GRATUITAMENTE