Glossário de SEO / Conteúdo fechado

Conteúdo fechado

O que é Gated Content?

Conteúdo fechado é qualquer material on-line que exige que os usuários preencham um formulário ou se registrem em uma conta para acessá-lo. Normalmente, o formulário solicita aos usuários o nome e o endereço de e-mail. Alguns conteúdos fechados são colocados atrás de um paywall.

O conteúdo fechado tende a ser mais premium ou exclusivo porque pede aos usuários que negociem informações valiosas em troca de acesso a ele.

Um dos tipos mais comuns de conteúdo fechado é um ímã de leads. No exemplo abaixo, a Hubspot oferece um guia para download em troca de informações sobre o lead.

Example of free gated content

Outro tipo de conteúdo fechado é um paywall, em que os usuários não podem continuar lendo o artigo até que façam um pagamento. O conteúdo com acesso pago é comum em sites de notícias.

Gated content behind a paywall

Por que o Gated Content é importante?

O conteúdo fechado é uma maneira eficaz de gerar leads qualificados. Enquanto os usuários podem acessar o conteúdo não fechado e sair imediatamente do seu site, o conteúdo fechado permite que você reúna informações valiosas sobre eles.

Alguns sites dependem do conteúdo fechado como principal meio de monetização, principalmente as plataformas baseadas em assinatura.

No entanto, uma das principais desvantagens do conteúdo fechado é que ele torna o SEO desafiador. Mecanismos de pesquisa como o Google dependem da capacidade de ver (ou rastrear) o conteúdo para indexá-lo e classificá-lo. Se o Google não puder ver o mesmo conteúdo que os visitantes do site, ele poderá interpretar isso como camuflagem e acusar seu site de violação de spam.

É difícil ter um conteúdo fechado que gere leads e também obtenha muito tráfego de pesquisa orgânica. Você ainda pode fazer com que o conteúdo fechado seja classificado, mas entenda que precisará fazer concessões.

Como classificar o Gated Content no Google

  1. Publique um resumo: ajude o Google a ver do que se trata seu conteúdo fechado publicando um resumo. Dessa forma, você não precisa revelar tudo, mas pode dar uma pista aos mecanismos de pesquisa e aos visitantes sobre o que está por trás do portão. Otimize o resumo com palavras-chave relevantes e garanta que outras partes do conteúdo na página, como título da página, descrição e URL, também sejam otimizadas.

  2. Siga as recomendações do Google sobre amostragem flexível: A amostragem flexível permite que os usuários acessem um determinado número de artigos gratuitamente antes de encontrar um paywall. O Google recomenda permitir que os leitores acessem de 6 a 10 artigos por mês antes de bloqueá-los com um login ou pagamento.

  3. Indique o Gated Content com dados estruturados: Para garantir que o Google não confunda conteúdo fechado com cloaking, adicione dados estruturados específicos ao seu site. Isso ajuda o Google a entender a natureza do seu conteúdo.

  4. Use a meta tag de robôs "noarchive" no conteúdo fechado: Evite que as pessoas contornem o paywall acessando versões em cache das páginas no Google adicionando uma meta tag de robô "noarchive" às páginas com o conteúdo fechado.

Perguntas frequentes

Qual é a diferença entre um ímã de leads e um conteúdo fechado?

Os ímãs de leads são um tipo específico de conteúdo fechado. Elas tendem a ser conteúdo premium, como PDFs, modelos ou webinars que não devem ser indexados. O conteúdo fechado pode se referir a iscas digitais, mas também pode descrever artigos pagos.

O que é conteúdo não autorizado?

O conteúdo não-gravado é qualquer conteúdo gratuito e aberto para acesso sem a necessidade de preencher um formulário, registrar-se em uma conta ou pagar uma assinatura. A maior parte do conteúdo que você lê on-line é ungated.

O conteúdo fechado é automaticamente considerado "fino" pelo Google?

Não. John Mueller, do Google, diz que o conteúdo fechado não é automaticamente fino. Em um tópico do Twitter, ele mencionou que a contagem de palavras não é considerada um sinal de classificação.